Você sabe o que é o gestor de demanda?

Você sabe o que é o gestor de demanda?

Conforme dicionário de significados corporativos, “Empreendedor é aquele que toma a iniciativa de empreender, de ter um negócio próprio. Sabe identificar as oportunidades e transformá-las em uma organização lucrativa. O empreendedor é aquele indivíduo que é criativo, inovador, arrojado, que estabelece estratégias que vão delinear seu futuro”.

Em resumo, o sucesso das empresas está relacionado com a arte de acertar na Venda e na Compra, buscando o melhor resultado econômico.

Esta sempre foi a principal característica dos grandes fundadores das empresas, e a consequência de Sucesso não é mero acaso.

Com o crescimento das Organizações e a necessidade de distribuição de funções, as áreas comerciais assumiram essa responsabilidade, mas as dificuldades em separar o que se vende hoje e o que pode ser vendido no futuro, restringiram muito potenciais crescimentos e novas oportunidades de negócio.

Nasce então a função do GESTOR de DEMANDA, considerada inicialmente como uma atividade relacionada até a “princípios esotéricos e bruxarias”, mas que atualmente já é FUNDAMENTAL para o desempenho econômico positivo de qualquer organização.  

Características do Gestor de Demanda

  1. Definição e Classificação das Famílias de Produto bem como projetar a Vida Útil de cada item.
  2. Avaliar histórico de venda de produtos e respectivas famílias, relacionando com projeções realizadas para esses mesmos períodos, analisando modelos matemáticos, bem como tendências passadas e futuras para cada item.
  3. Boa comunicação entre as áreas envolvidas e relacionamento político com  autoridade para realizar ajustes necessários em tempo hábil visando atingir os resultados financeiros projetados no período.  Uma espécie de Ministro da Casa Civil aliado ao Planejamento.
  4. O Gestor de Demanda deve ser o responsável por liderar o processo de S&OP, obtendo feedbacks do mercado e equilibrando estas informações com as capacidades produtivas.

Principais funções da gestão de demanda

1.PLANEJAMENTO : Considerando que o Business Plan é uma atividade Estratégica, definido pela Diretoria da Empresa, cabe ao Gestor de Demanda avaliar e desenvolver soluções para os Momentos de Picos de Demanda que possam ocorrer a qualquer momento. Uma vez solucionando estas questões, caberá ao Gestor avaliar se os custos com excesso de capacidade compensam eventuais perdas de vendas. 

2. COMUNICAÇÃO : Refere-se ao alinhamento das informações entre as realizações de demanda com as capacidades produtivas, buscando atuação mais proativa do que reativa. Estratégias de ação podem estar relacionadas a terceirizações e flexibilização de jornadas de trabalho. 

3.INFLUENCIAR : Estratégias consistem em nivelar a produção com novas propostas de demanda, buscando otimizar a capacidade produtiva. Esse processo também é conhecido como Modelagem da Demanda, porque envolve ações promocionais para que produtos em excesso sejam rapidamente comercializados.  

4.GERENCIAR E PRIORIZAR : Controlar Resultados entre o Planejamento de Demanda e as realizações no período, bem como desenvolver soluções tanto para promoções, quanto para racionamento de produtos. O Objetivo é manter o equilíbrio entre as Famílias de Produto, para que não haja desabastecimento e nem excessos. Companhias Aéreas atuam muito bem neste item, privilegiando passageiros que compram com antecedência e cobrando caro passagens de última hora.  

RELACIONAMENTOS TÁTICOS DO GESTOR DE DEMANDA  

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

1.EQUIPE DE VENDAS : Apresentar o plano de Vendas, quais as expectativas de vendas, bem como itens com disponibilidade pronta entrega. Contínuo Feed Back sobre como está o desempenho do Plano de Vendas.

2.EQUIPE DE MARKETING: Comunicar o acompanhamento do Plano de Demanda e realizar ações táticas necessárias para atingir objetivos em determinadas Familias de Produto,bem como incrementar relacionamento com clientes´.

3.SUPRIMENTOS/ PLANEJ. PRODUÇÃO : Conciliando capacidades Produtivas, datas de lançamentos e encerramento de produtos, sincronizando supply e demanda.

4. DESENV. PRODUTO : Controlar datas de lançamentos, cronogramas e realizar ações proativas para manter o plano de demanda dentro de seus objetivos

5.PRINCIPAIS CLIENTES : Também faz parte das atividades do Gestor de Demanda manter contato direto com principais clientes, buscando constante feedback sobre o desempenho de entregas, padrão de qualidade e potenciais novos negócios que possam ser desenvolvidos. 

Elaborado por Mauro Ferraz – Gestor de Suprimentos e Logística com Experiência em Supply Chain e implementação de Programas de Gestão de DemandaC

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTERE receba por e-mail conteúdos sobre a área de compras
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTERE receba por e-mail conteúdos sobre a área de compras
Menu