Quais são os principais aspectos da gestão de fornecedores?

Quais são os principais aspectos da gestão de fornecedores?

A Gestão de Fornecedores vai além do mero sourcing estratégico e do gerenciamento de categorias, e incentiva as organizações a pensar de maneira diferente sobre como elas trabalham com seus fornecedores.

Veja nesse post quais são os principais aspectos do gerenciamento de informações de fornecedores.

1 – Descoberta e Qualificação

Indicações de novos fornecedores podem ser originadas de qualquer fonte, sejam operações, P&D, logística, vendas, marketing ou cadeia de suprimentos.

No entanto, enquanto a descoberta e qualificação de novos fornecedores pode variar muito, dependendo do papel que o fornecedor irá cumprir na área dos negócios, isso não reduz a necessidade de ter um processo de homologação robusto, onde as informações necessárias devem ser coletadas para análise e posterior confirmação de que o fornecedor é capaz de fornecer para a companhia.

2 – Auto-cadastro de Fornecedores

Dizemos muito isso, porque é verdade – (bons) dados são a força vital dos sistemas. Portanto, faz todo o sentido para sua organização se concentrar na captura de dados consistentes, completos, precisos, válidos e de alta qualidade o tempo todo.

Deve ser coletado um conjunto de dados que podem ser usados em diferentes áreas em sua organização, incluindo informações de localização, categoria, tipo de fornecedor, unidade de negócios, quantidade de funcionários, certificados e assim por diante.

Mudar a responsabilidade de inserir dados do fornecedor para os próprios fornecedores (mantendo a função de validação e aprovação internamente) é a melhor maneira de garantir a qualidade dos dados mestre e garantir que você tenha as informações mais precisas.

Existem cinco fatores importantes que podem afetar a capacidade de uma organização de registrar informações da mais alta qualidade. No entanto, se algum desses fatores não for adequado ou considerado totalmente, isso poderá levar a problemas no futuro.

  • Dados de baixa qualidade podem levar a maiores custos e riscos
  • Estabelecer padrões, processos e controles de dados
  • Avalie a qualidade dos dados
  • Fornecer a capacidade de preencher lacunas de dados
  • Medir melhorias

3 – Classificação e Segmentação

Para segmentar efetivamente seus fornecedores, há diferentes considerações que você precisa levar em consideração. Por exemplo, você pode usar um processo que captura os seguintes dados do fornecedor:

  • O que eles fornecem – oferta específica e potencial de oferta
  • Quem eles impactam – seu impacto nos clientes e na empresa
  • Como eles interagem – com os principais processos e o compartilhamento de informações
  • Onde eles interagem – a facilidade de substituí-los e sua pegada

Quando todas essas informações tiverem sido registradas e alinhadas com termos predefinidos, você poderá classificar seus fornecedores por níveis e ver quais são estratégicos, colaborativos e transacionais. Isso forma a base de qualquer estratégia de engajamento.

4 – Engajamento do Fornecedor

Antes de se envolver totalmente em um relacionamento com qualquer fornecedor, você deve montar um “mapa de valores”.

Ter esse mapa permite que você julgue o valor que um fornecedor tem para você e como você é percebido pelo fornecedor. Se esse relacionamento for visto como “desequilibrado” devido a uma diferença na percepção, isso pode indicar que é necessário um ajuste em sua abordagem.

5 – Gerenciamento e conformidade de riscos

O gerenciamento de riscos pode ser alcançado por meio de avaliação quantitativa e qualitativa, usando uma variedade de métodos diferentes, como cartões de pontuação, pesquisas e relatórios. É importante estabelecer uma linha de base desde o início do programa, pois fornece um meio de medir o progresso.

O perfil de risco de um fornecedor pode ser estabelecido levando-se em consideração o seguinte:

  • Importância de bens ou serviços terceirizados para sua organização (dependência)
  • O risco de uma falha operacional (continuidade)
  • Risco contratual (passivo)
  • Os riscos financeiros (viabilidade)
  • Capacidade de crescimento (escalabilidade)
  • O próprio relacionamento comercial (longevidade)

As avaliações de desempenho podem ajudá-lo a monitorar a conformidade de seus fornecedores e reunir insights importantes, como informações sobre qualidade, entrega, responsabilidade social corporativa e qualidade do relacionamento, para citar apenas algumas áreas. Para reunir informações de risco ainda mais complexas, convém organizar uma auditoria de fornecedor.

6 – Desempenho e Desenvolvimento

Maior transparência entre sua organização e seus fornecedores é um aspecto crucial do gerenciamento de fornecedores quando se trata de criar um relacionamento mutuamente benéfico que ofereça a cada parte uma vantagem estratégica.

Embora o aumento da capacidade do fornecedor seja importante para a maioria das organizações, muitas não conseguiram descobrir uma maneira de fazer isso.

No entanto, as organizações que possuem uma equipe de liderança sênior que é investida e que também possuem um roteiro claro estão em uma posição muito melhor para estabelecer relacionamentos mais fortes e valiosos com seus fornecedores.

7 – Inovação de Fornecedores

De um modo geral, existem duas metodologias principais para gerenciar a inovação de fornecedores.

A primeira abordagem envolve o envolvimento pessoal e a capacidade de estabelecer um ambiente no qual a criatividade possa florescer. Essa abordagem exige que as organizações desafiem e avaliem ideias antigas e maneiras de fazer as coisas e, em vez disso, as substituam por novos processos.

A segunda abordagem envolve o uso da inteligência coletiva e a capacidade de envolver uma ampla base de suprimentos.

De acordo com essa metodologia, os fornecedores que podem não ser vistos como estratégicos ou com forte capacidade recebem uma plataforma para se envolver com base no mérito de contribuição. No entanto, nem todas as empresas estão prontas para adotar essa abordagem e há fatores a serem considerados antes de implementar essa metodologia.

Conheça o Qualifiquei

Qualifiquei, é uma plataforma de Gestão de Desempenho de Fornecedores, pois possui um conjunto de ferramentas que permitem a conformidade e o controle dos processos que fortalecem o desempenho dos fornecedores. Através de homologação, avaliações, planos de ação e coleta de dados contribui para a redução de custos, riscos e aumento da qualidade.

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTERE receba por e-mail conteúdos sobre a área de compras
Menu